Show simple item record

dc.contributor.authorHenriques, Ana
dc.contributor.authorPonte, João Pedro da
dc.date.accessioned2014-07-22T22:14:08Z
dc.date.available2014-07-22T22:14:08Z
dc.date.issued2014-04
dc.identifier.issn1980-4415
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/3008
dc.descriptionBoletim de Educação Matemática, vol. 28, núm. 48, pp. 276-298es_ES
dc.description.abstractNeste artigo, analisamos os modos de representação e os processos de raciocínio de alunos do 2.º ano do ensino superior na exploração de atividades de investigação propostas numa experiência de ensino na disciplina de Análise Numérica. O objetivo é compreender o modo como as representações escolhidas pelos alunos no decorrer das suas explorações suportam o seu raciocínio. O estudo segue uma metodologia de investigação qualitativa e interpretativa, baseada em três estudos de caso, e utiliza diversas fontes de dados. Os resultados mostram que os alunos usam tanto raciocínio indutivo como dedutivo, mas sugerem a necessidade de dar maior atenção aos dois processos de raciocínio em que se verificam dificuldades significativas – generalização e justificação. Os alunos recorrem a uma diversidade de representações para compreensão, exploração, registro e avaliação, mas usam-nas de modo pouco flexível ao longo do processo de exploração, o que limita o seu raciocínio.es_ES
dc.language.isootheres_ES
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filhoes_ES
dc.subjectEnseñanza de las matemáticases_ES
dc.subjectInvestigaciónes_ES
dc.subjectEducación superiores_ES
dc.titleAs Representações como suporte do raciocínio matemático dos alunos quando exploram atividades de investigaçãoes_ES
dc.typeArticlees_ES


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record