Show simple item record

dc.contributor.advisorUniversidadeses_ES
dc.contributor.advisorUniversidadeses_ES
dc.contributor.authorCóssio, Maria de Fátima
dc.date.accessioned2013-05-16T16:04:30Z
dc.date.available2013-05-16T16:04:30Z
dc.date.issued2008
dc.identifier.issnhttp://hdl.handle.net/10183/13275
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/394
dc.description.abstractEsta tese analisa em que medida a formação pedagógica dos professores universitários, como uma política institucional, contribui na construção da profissionalidade docente e na configuração da institucionalidade universitária identificada com os princípios da qualidade social, contrapondo-se à lógica mercadológica proposta pelo novo ordenamento global. Inicialmente o estudo foi realizado em sete universidades comunitárias do RS, a fim de identificar, em seus processos de gestão, a existência de programas de formação pedagógica. Das sete universidades estudadas, apenas três apresentaram programas de formação permanentes, sendo estas, objeto de estudos mais detalhados. Realizou-se uma análise descritiva das origens e motivações dos setores responsáveis pela Pedagogia Universitária, dos princípios epistemológicos e metodológicos que os orientam e das ações consideradas como qualificadoras. Constatou-se que os programas de formação que mais contribuem para o desenvolvimento profissional dos professores estão alicerçados na “prática reflexiva” ou na “epistemologia da prática”; apresentam ofertas permanentes e estratégias diversificadas; abrangem professores e coordenadores de curso e ampliam sistematicamente o grupo de pessoas beneficiadas. Concluiu-se que o que resguarda as três instituições analisadas da adoção de princípios de gestão exclusivamente mercadológicos é a condição de pertencerem ao segmento das comunitárias, o que implica em compromissos sociais locais e regionais; e a busca pela qualidade acadêmica, com vistas a garantirem a legitimidade pública e a sustentabilidade. A preocupação com a qualidade impulsiona ações de formação que, dependendo da sua amplitude, intensidade e diversificação, favorecem a constituição da identidade docente, que, por sua vez, reforça a missão educativa institucional e a sua qualidade social. --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- This thesis examines the extent to which the educational training of university professors, as a political institution, helps in the construction of the teachers’ professionality and in the configuration of the university institutionality identified with the principals of social quality, contrasting to the marketing logical proposed by the new global ranking. Initially the study was realized in seven communitarian universities from RS (State of Rio Grande do Sul – Brazil), to identify, in their management processes, the existence of pedagogical training programs. From the seven studied universities, only three presented permanent pedagogical training programs, therefore, these three are, subject to more detailed studies. There was a descriptive analysis of the origins and motivations of the sectors that are responsible for the University Pedagogy, the epistemological and methodological which orientate them and the actions considered as qualifiers. It was found that the training programs which most contribute to the professional development of teachers are based on the “reflexive practice” or on the “epistemology of the practice”; permanent offers and diversified strategies are presented; comprehending teachers and course coordinators and expanding systematically the group of benefited people. It was concluded that what preserves the three analyzed institutions from the adoption of management principals exclusively marketing related is the conditions of belonging to the communitarian segment, which involves local and regional social commitments; and the search for academic quality, in order to ensure the public legitimacy and the sustainability. The concern with quality urges actions of training which, depending on the comprehensiveness, intensity and diversification, promotes the constitution of a teachers’ identity, which, in turn, reinforces the educational institutional mission and its social quality.en_US
dc.language.isootheren_US
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Sulen_US
dc.subjectFormación docenteen_US
dc.subjectProfesor especializadoen_US
dc.subjectCompetencia profesionalen_US
dc.subjectCalidad de la educaciónen_US
dc.subjectGestión educativaen_US
dc.titlePolíticas institucionais de formação pedagogica e seus efeitos na configuração da docência e na qualidade universitária : um estudo sobre as IES comunitárias do RSen_US
dc.typeThesisen_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record