Show simple item record

dc.contributor.authorBolzan, José
dc.date.accessioned2013-05-24T21:35:45Z
dc.date.available2013-05-24T21:35:45Z
dc.date.issued2010
dc.identifier.issnhttp://hdl.handle.net/10183/23748
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/606
dc.description.abstractO presente trabalho, cujo objeto visa tematizar o unilateralismo cientificista que vigora no ensino universitário, enseja articular propostas que oportunizem a recuperação do caráter crítico-reflexivo da formação cientifica do estudante de graduação, especialmente nas áreas tecnológicas. Por isso, como prelúdio da pesquisa, articulamos inicialmente, em formato amplo, o problema da autonomização das ciências, a transformação da filosofia e das instituições que, contaminadas pelo teor positivista das teorias científicas, passaram a operar a formação humana. A formulação deste problema teve a intenção de erguer os alvos na direção dos quais vai articular-se a crítica filosófica, especialmente aquela articulada pela Escola de Frankfurt, da qual o autor, cuja teoria tomamos como fio condutor desse trabalho, faz parte, na condição de expoente máximo da segunda geração. Habermas, no âmbito da razão comunicativa, tomando como pano de fundo a tradição filosófica e sociológica, vai reconstruir a idéia de razão e racionalidade e propor a ação comunicativa como mediadora entre teoria e prática, capaz de recuperar a problematicidade nos processos de aprendizagem científica. No âmbito da ação comunicativa o mundo da vida é recuperado da tradição fenomenológica e reconstruído comunicativamente como um saber de fundo a-problemático, que opera, liquidificadamente, os mundos referenciais e suas respectivas pretensões de validade. Tal esforço tem em vista a recuperação da totalidade teórica, prática e estética da razão para contrapor ao unilateralismo cientificista, operado pelo visor estreito da razão instrumental na modernidade. Isso posto, para articular o propósito da tese, na última parte, avançamos reflexões sobre potenciais contribuições que a razão comunicativa pode trazer para jogar luz e imprimir um caráter avisado à formação especializada. Para tanto, três idéias mobilizaram o objetivo proposto: A primeira delas articula-se na busca de aportes teóricos para subsidiar nossa reflexão e pensar sobre o caráter unilateral, superficial e deficitário da razão científica, vigente na formação técnica especializada. O segundo ponto articula-se em torno da reflexão sobre as idéias de Educação e Universidade, ensejando recuperá-las intersubjetivo-discursivamente e ao mesmo tempo discutir os grandes desafios que se anunciam à formação técnica na Universidade contemporânea. Por fim, a terceira ideia engendra um duplo propósito: primeiro, propor o cultivo da razão triafásica em ambientes acadêmicos tecnologicamente formatados, o qual oportunize a formação de um cientista habilitado teoricamente a conhecer e fazer, habilitado praticamente a viver junto com os outros, bem como ser um eu autêntico, realizar-se como pessoa humana e ser feliz e, segundo, visando devolver a problematicidade à formação científica especializada, articulamos propostas de ação que, implementadas junto às Comissões de Graduação, de Pesquisa e de Extensão, poderão iluminar a formulação dos Planos Pedagógicos dos cursos e indicar caminhos para recuperar a formação teórica, ético-moral e estética do futuro cientista. --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- This paper, having as purpose to deal with scientificist unilateralism present in university education, tries to show suggestions to restore the critical-reflective nature of graduation courses, mainly in technological fields. To begin with, we deal with civilization crisis, sciences autonomy, and changes in philosophy and institutions which, influenced by positivist visions of scientific theories, are present in human education. The stating of this problem involves articulation with Habermas' philosophical criticism of Frankfurt School, whose theory is the heart of this paper. In the scope of communicative reason, Habermas takes philosophical tradition as a background to reconstruct the idea of reason and rationality, and proposes communicative action as a mediating category between theory and practice in order to recover problematicity in scientific learning processes. In the scope of communicative action, life world is taken from phenomenology tradition and recovered in the communicative form as a non-problematic background knowledge, which works in referent worlds and in their validating intentions. Such effort has as purpose to recover theory, practice and aesthetic of reason to oppose them to scientificist unilateralism, guided by a single vision of modern instrumental reason. Thus, to draw up the purpose of this thesis, we make reflections on potential contributions from communicative reason to highlight specialist education, as well as to make it aware of its condition. We adopted three main ideas: one of them searches for theoretical and methodological support to analyze the unilateral, superficial and defective nature of scientific reason present in specialized education. The other involves critical reflection on education and university, trying to make them re-establish their intersubjective nature, and to discuss the big challenges to technical education in contemporary University. Last, the third idea has two purposes: first, the growing of triphasic reason in technical academic contexts to provide students with habilities to know and to practice, to interact with others, to be happy and fulfilled; second, by returning problematicity to specialist scientific education to solve tensions between work-interaction, we propose actions which can be introduced to Graduation, Research and Extension Departments in order to highlight pedagogical design and show the ways to recover theoretical, ethical, moral and aesthetic education of future scientists.en_US
dc.language.isootheren_US
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Sulen_US
dc.subjectFilosofía de la educaciónen_US
dc.subjecten_US
dc.subjectEnseñanza de las cienciasen_US
dc.titleHabermas e a educação : uma contribuição crítica à formação científicaen_US
dc.typeThesisen_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record